Contatos

Leadership Talking Points

 

O verdadeiro papel de uma escola: libertar o potencial de jovens líderes

Teachers are the only people who save nations. - Mustafa Kemal Ataturk

Na FranklinCovey acreditamos que todo o ser humano tem potencial de liderança, e que todos deveriam tornar-se líderes. Acreditamos em ensinar liderança a todos e não apenas a uma elite. Acreditamos em ensinar liderança até a crianças – especialmente a crianças – quando estas interiorizam hábitos tais como a proatividade, empatia e sinergia, irão crescer e tornar-se líderes maduros e vanguardistas.

A história que se segue ilustra-o bem. Em Abril de 2015 um violento terramoto assolou o Nepal, matando 8 mil pessoas e deixando mais de 3 milhões de desalojados. A mais de 3200 km de distância, em Kuala Lumpur – Malásia, estas notícias tocaram de forma especial os estudantes da Sri Dasmesh International School que, numa atitude muito proactiva, decidiram desde logo que tinham de ajudar o povo do Nepal.

Criaram um fundo e desenvolveram várias sinergias para angariar dinheiro, através de vendas de produtos como porta-chaves, pulseiras e até bolos. Os estudantes do 8º ano recolheram dinheiro de doações, enquanto os do 7º ano escreveram e enviaram centenas de cartas com palavras de encorajamento e esperança. Um grupo de 8 estudantes fez anúncios públicos e recolheram doações junto dos país das crianças da escola. Ao fim de alguns dias, já tinham recolhido 2400 dólares.

Dez dias depois do terramoto, os estudantes foram até à embaixada do Nepal e entregaram o dinheiro ao embaixador. O estudante que liderou este projeto escreveu sobre a reação do embaixador, que disse que “é raro ver crianças de 14 anos tão envolvidas com o mundo real, tentando fazer a diferença.” (1)

Então os responsáveis e professores da escola? Onde estavam? A resposta é simples: os estudantes são os líderes nesta escola. Foi esta característica que não passou despercebida ao embaixador. Os estudantes criaram e geriram o fundo e apresentaram resultados.

O que torna esta escola tão especial? Como é que os estudantes foram capazes de se dirigir desta forma, com tanta proatividade, empatia e capazes de fazer a diferença? – Esta escola é uma “Escola Farol” – uma designação especial dada a escolas que ensinam e praticam os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, do Dr Stephen R. Covey.

Há alguns anos, a responsável da escola e dez professores assistiram a um seminário sobre os 7 Hábitos, conduzido pela FranklinCovey Malásia. “É impressionante o impacto que os 7 Hábitos têm quando aplicados na nossa vida.”, afirmou a responsável. Para ela e para os outros, os 7 Hábitos mudaram perceções e atitudes de uma forma impactante.

“Depois de constatarmos a eficácia do programa nos nossos professores, decidimos envolver igualmente os estudantes, que aprenderam os 7 Hábitos.”

A responsável pela escola entende que os 7 Hábitos transformaram a escola: “Vemos professores e estudantes a tomar a responsabilidade pelas mais diversas coisas, evidenciando proatividade e iniciativa relativamente ao que é necessário fazer. Tivemos uma campanha sobre limpeza – os estudantes observaram primeiro o staff a limpar e desde logo pegaram em mopas e vassouras e quiseram assumir parte dessas tarefas.”

Também os pais ficaram entusiasmados com as mudanças na atitude e no comportamento dos seus filhos. Sarjit Kaur tem 2 filhos nesta escola e constata que “é algo inspirador aprender os 7 Hábitos pelos meus filhos…com todos os problemas que vemos na nossa sociedade, não é difícil perceber o valor e a sabedoria de ensinar estes 7 Hábitos às nossas crianças.”

Totalmente de acordo. Na FranklinCovey acreditamos que cada criança pode aprender a ser líder, a tomar controlo da sua vida e educação, e tornar-se no tipo de indivíduo empreendedor que a sociedade necessita.

Questões para reflexão:

Porque devemos ver um potencial líder em todo o estudante?
A sua empresa, agência ou escola vê potenciais líderes em todas as suas pessoas?
O que poderia fazer para criar líderes na sua organização?
Quais são as consequências para as organizações que não produzem líderes?

FranklinCovey International
FranklinCovey Portugal, Setembro 2016

(1) Shweta Harikannan, “SDIS Students Collect RM9,155 for the Nepal Earthquake Fund,” Sri Dasmesh International School.edu, April 25, 2015. http://sridasmesh.edu.my/sdis-students-collect-rm9155-for-the-nepal-earthquake-fund/

(2) “Instilling the Right Habits,” Sri Dasmesh International School.edu, February 19, 2012. http://sridasmesh.edu.my/instillingthe-right-habits/